27 de fev de 2013

Pintura Decorativa

 2 - Corantes Naturais

Continuando na série "Pintura decorativa em madeira" hoje vou falar de Corantes Naturais. Para quem não viu o primeiro tópico onde falei da limpeza e tratamento da madeira, click aqui
Às vezes a madeira é tão bonita, com veios fortes e formando desenhos naturais bonitos e harmoniosos, que não queremos cobri-la completamente, só um detalhe pintado basta para valorizar o móvel. Os corantes sevem para ajustar ou mudar um pouco a cor da boa madeira ou dá um aspecto mais valioso a madeiras baratas como o pinho. Quando necessário procuro usar corante a base de água. Fácil de usar, não polui e não faz mal a saúde. Existem várias marcas no mercado, mas outra opção é fazer corantes em casa usando produtos do dia a dia. Muito prático e econômico para tingir pequenas e médias peças ou para uso esporádico. 

Ex. de madeira aparente tratada com corante

Corantes Naturais


Chá
Ferva um punhado de folhas em dois copos de água e use ainda quente. A tonalidade final vai depender da concentração e do tipo de chá, caso queira mais escuro use mais concentrado e passe várias vezes.

Café
Faça um café bem forte, deixe esfriar e use em seguida. Mesma recomendação do chá caso queira mais escuro.

Cascas de árvores
Use casca de árvore escura, como a nogueira, ou outra que tenha por perto. Deixe a casca de molho em água por uns dez dias. Algumas cascas fornecem pigmento quando fervidas; faça um teste com um pedaço pequeno, deixe descansar por 24 horas. Antes de usar coe em coador de papel para retirar os resíduos.

Vinagre e metal
O metal oxidado no vinagre produz um corante em tons metalizados. Um punhado de moedas de cobre irá resultar em um tom meio azulado. A lã de aço ou pregos de ferro produz um tom marrom avermelhado, parecido com o da ferrugem. Se juntar folhas de chá preto e pregos terá um corante bem escuro, quase preto.

A aplicação pode ser feita com pincel largo ou com uma "boneca" (pegue um tecido de algodão macio que não solte pelos, recheie com algodão, junte as pontas do tecido, feche formando uma bola e amarre com um barbante para que fique bem firme). Molhe a "boneca" no corante e vá passando seguindo os veios da madeira. Use luvas de plástico.
Como são corantes naturais podem perder um pouco a cor se expostos diretamente ao sol. Sua melhor indicação é para objetos usados em interiores. Para uma melhor conservação passe duas ou três mãos de verniz à base de água ou álcool. Se o objeto for de uso continuo ou entrar em contato com água, como cachepô, bandejas ou tampo de mesa, use verniz marítimo.

Próxima quarta-feira, falarei dos tipos de fundos. 

7 comentários:

  1. Muito interessante, Regina!

    Eu não tinha lido a matéria sobre tratar a madeira. Vou lá ver!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Regina!
    Cheguei para a aula :)
    Puxa, jamais em tempo algum pensaria em moedas...
    Que legal isso!
    Adorei conhecer!
    Montei uma pastinha 'pintura com Regina' :)
    bjs, ótima quarta!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito boa essa dica Regina e obrigada pela sua presença lá no
    http://segredosdocorao.blogspot.com.br fiquei muito feliz!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Rê, cheguei atrasada denovo na aula, não me expulse hein e nem me dê advertência rsrsrs. Incrível a aula de hoje. Minha mãe é dessas que gostam da cor natural da madeira. Eu quero passar tinta em tudo e ela gosta de ver os veios da madeira. E se um móvel estava pintado e tiramos a pintura na lixa, dá pra usar os corantes naturais ainda?

    Dá pra usar em MDF que não se dá bem com água?

    Bjs

    Kaku

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kaku,

      Sua falta estar mais que justificada, e sou uma professora muito boazinha, não sei punir ninguém. rs.
      As suas perguntas: Na madeira depois de retirada a pintura ou verniz pode passar o corante sem problema. Já no MDF não. Como você mesmo lembrou o MDF não aceita água, e não tem veios ou fibras. Corante só em madeira mesmo.
      beijo

      Excluir
  5. Ótimas dicas! Eu não conhecia. Obrigada por compartilhar. Gosto muito de madeira e concordo que quando a madeira é bonita os veios devem aparecer e não gosto de pintar tudo.
    Bj...Bj
    artemadeiraevida.blogspot

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário