29 de jul de 2013

Picnik no Jardim Botânico Festa

Demorou um pouquinho, mas o post do Picnik ficou pronto. Gostei muito de participar como expositora, foi uma ótima e divertida experiência. Quando soube do evento fiquei com vontade de expor minhas "artices". Corri bastante para fazer mais sachês, o que foi uma ótima ideia pois foram os primeiros e os mais vendidos. As "nuvens" o preferido de todos. As almofadas também tiveram seu momento, e tive a comprovação de que o amor pelos ipês é geral nos moradores de Brasília, adultos, jovens ou crianças. Como já tinha participado do evento anterior como visitante, sabia que o público seria mais jovem e fiquei surpresa com o interesse pelo móvel exposto. Não o vendi mas chamou a atenção e propiciou uma encomenda que já comecei a fazer (depois mostro aqui antes de entregar). O melhor é que conheci muita gente, fiz vários contatos e me diverti muito com a amiga Beth, minha companheira de aventura.
Meu cantinho.
Muita gente aproveitando o local.


Encontrei a Dani, do assim ou assado, com sabonetes lindos e deliciosamente perfumados.
No final da tarde tivemos um lindo por do sol, fotografado pela amiga Beth.

25 de jul de 2013

Mini Baú

Um mini-baú trabalhado com pirógrafo e detalhes em pintura. Comecei este post para mostrar uma caixinha de correspondência que estou pirogravando e não consigo terminar. Às vezes me imponho tarefas impossíveis de cumprir. Imaginem se conseguiria fazer um trabalho minucioso, e que requer paciência, com menininho de férias em casa! Como queria mostrar a riqueza do trabalho pirogravado trago dois trabalhos do artista Walter Diez, meu professor. 


A caixinha com flores vermelhas foi a minha primeira.

22 de jul de 2013

Bolo de chocolate

Tem coisa melhor que: férias, brincadeira e casa de vó? 

 Tem sim: tudo isso e bolo de chocolate no lanche da tarde!!!

Bolo Nega Maluca

Ingredientes:
3 ovos
1 xíc. água morna
1/2 xíc. de óleo
1/2 xíc. de chocolate em pó
1 xíc. de açúcar
3 xíc. de farinha (uso uma de farinha integral)
1 colher (sopa) de fermento em pó

Preparo:
Coloque todos os ingredientes secos e misture. Faça uma cova no centro junte os ovos e a água morna. Misture bem. Unte uma forma e asse em forno quente, 180º C, por 30 minutos.

Calda:

1/2 xícara de açúcar, duas colheres de manteiga (usei óleo de coco), 1/2 xícara de chocolate em pó e três colheres de água. Junte os ingrediente em uma panela e leve ao fogo baixo, deixe ferver lentamente até o açúcar dissolver completamente. Espalhe sobre o bolo ainda quente. Bon Appétit!

18 de jul de 2013

Étagère cottage

Lembram da passadinha no bazar que comentei aqui? Esta étagère é outra peça que comprei. Tem tudo que eu gosto: primeiro, e mais importante, é uma étagère  (sou encantada com elas),  segundo é em metal rendado e cheio de voltinhas, e por último: uma coroa no alto, tinha que trazer para casa. Estava em péssimo estado e a apressadinha aqui esqueceu de tirar as fotos do antes, desculpem. Escolhi o branco para ficar bem no estilo cottage, só dei destaque à coroa, que, claro, tinha que ser dourada.


15 de jul de 2013

Porta travessa

Uma amiga mostrou este porta-travessa,  o mais prático de todos que já vi. É muito fácil e simples de fazer. Pode ser usado com qualquer vasilha independente de seu formato ou tamanho. Com esta sacola você transporta quitutes saborosos com charme e segurança. Na hora de guardar pode ficar dobradinho e não ocupa muito espaço.

Com travessa redonda e funda
Com travessa retangular e baixa.

Material:
60 x 60 cm de tecido estampado
60 x 60 cm de tecido liso
60 x 60 cm de manta acrílica
 tiras de 10 x 30 cm do tecido liso
2 tiras de 10 x 60 cm do tecido liso

Algumas fotos do processo de execução:

Foto 1: Sobreponha os tecidos: forro, manta acrílica e tecido estampado.
Foto 2: Faça costuras para unir tudo. Fiz duas costuras em cada sentido, formando quadrados.
Foto 3: Faça algumas pregas na borda de dois lados (opostos), deixando com 30 cm. Pregue a tira de 10x30cm, vire e faça o acabamento.
Foto 4: repita as pregas nos outros dois lados.
Foto 5: Pregue as tiras de 10x60, deixando sobras de um lado para formar as alças. Vire e faça o acabamento. Passe uma costura reforçada nas alças.


 

12 de jul de 2013

Guache Atelier no Picnik Cultural do Jardim Botânico

Amanhã,  sábado 13 de julho, participarei, como expositora, do Picnik Cultural do Jardim Botânico.
Haverá de tudo: estandes de artes, moda, música e gastronomia. O evento, das 14h00 às 22h00, é gratuito e contará com diversas atrações.
O Picnik funciona como uma grande feira ao ar livre onde os visitantes terão a oportunidade de se confraternizar e também  participar de ações de promoção à saúde física e mental.
Serão oferecidas aos interessados, no Jardim Japonês,  sessões de meditação transcendental coletiva (15h00) e de meditação budista (16h00). Próximo ao Relógio do Sol haverá aulas gratuitas de Yoga (17h00).
Expositores comercializarão seus trabalhos (olha eu lá) e haverá atrações musicais como The Miguelitos, Julia Hormann, Oblongui, Os Discotecários, Bolachas Borrachas e Rocha Miranda.
Leve sua toalha quadriculada, quitutes, vinho e cachecol para passar um sábado diferente.


11 de jul de 2013

Pássaros do quintal

Na semana passada mostrei as flores do quintal (veja aqui). Hoje mostro os pássaros que nos visitam todos os dias. Foram cativados com muita paciência e frutas. A técnica foi colocar um comedor longe da casa. Depois que se acostumaram a comer fomos trazendo para mais perto. Hoje fica próximo da varanda e podemos observar bem de perto. O marido coloca frutas todos os dias bem cedinho. No fim de semana gostamos de curtir uma preguicinha e levantar mais tarde. Basta isso e os danadinhos começam a fazer barulho e a dar voos rasantes pela varanda! Servimos muitas frutas mas as preferidas são: banana, abacate, mamão e goiaba. Também gostam de sementes, e não posso me distrair que comem os morangos e tomates da horta antes de mim! 

Canário da Terra

O João de Barro foi o primeiro.
Tico-tico, no início tímido, depois já dono do pedaço!

Saí. Este já é de casa e nem se assusta quando estamos na varanda.
Sanhaço cinzento. Estes nasceram na minha varanda!
Saí andorinha, macho e fêmea. 
Esta arara aparecia muito por aqui, infelizmente há muito tempo não a vejo. Deve ser domesticada pois é muito mansa e come na mão, foi batizada de Arara Tarará
Aqui no muro da casa comendo banana. 
As corujas Azambuja e Lambuja, moram no terreno em frente a minha casa mas passam os dias na minha garagem. 
Esclareço que não sou especialista em pássaros e pesquisei os nomes na internet. 

8 de jul de 2013

Calço para porta

Na chácara da irmã tinha este toco escorando a porta da cozinha. Trouxe para casa com intenção de melhorar o humor do coitadinho, muito triste e feiinho! Coloquei um alça e uma etiqueta, mesmo assim ele não se alegrou. O jeito foi fazer uma terapia de cores e agora sim ele ficou contente por escorar uma porta!






4 de jul de 2013

Almofadas e sachês

Ipê. Quem mora em Brasília fica irremediavelmente apaixonado por essas árvores. No ano passado já tinha postado algumas fotos (veja aqui), Agora mostro as duas almofadas que bordei com o tema. Também tem sachê e uma almofada para celebrar a paz.






3 de jul de 2013

Flores no quintal

Casa com jardim florido sempre foi o desejo do marido. Aqui em brasília não é muito frio, e mesmo no inverno as flores continuam alegrando nossos dias. Quero fazer uma pintura e o tema será uma flor. Ainda não sei qual só sei que será uma flor do meu jardim..




              
Gerânios, paixão do marido.
       
Suculentas na varanda
Canteiro florido!
Orquídeas na janela
Não pode faltar o trevo com suas flores delicadas.
Canteiro de lavanda esperando a colheita. 
           
Algumas zinias. 

1 de jul de 2013

Marcador de página

Marcador de página de papel não dura muito na minha casa, perco todos!!! Na verdade somem dentro dos livros que pesquiso. Vou marcando uma página aqui outra ali, um livro ou muitos e pronto: já não tenho marcadores!  Foi o que aconteceu ontem.  Na hora da pressa usei pedaços de fitas para marcar as páginas. Foi aí que surgiu a inspiração de enfeitar as pontas. Corri no atelier e fiz estes marcadores usando sobras de fita e pingentes para bijuterias. Posso até usar como colar!