21 de abr de 2014

Caixa pirografada

Mais uma caixinha trabalhada com pirógrafo. A caixa é feita em mogno antigo, com pés de baú e acabamento impecavél, por este motivo deixei o máximo de madeira aparente. No tampo trabalhei um medalhão com arabescos em baixo relevo. Usei tinta de caneta tinteiro para tingir a madeira (funciona como corante e deixa os veios e detalhes da madeira aparente). Para enfatizar o desenho coloquei cantoneiras de bronze que combinam com o fecho. Na Parte interna da tampa o mesmo medalhão, mas trabalhado com arabescos somente na parte externa e deixei na cor natural da madeira. 

 Detalhe da tampa parte interna.
 Detalhe tampa parte externa

17 de abr de 2014

Bolo de limão, abobrinha e semente de papoula

Receita de bolo gostoso e com gosto de quero mais, ótimo para o lanche da tarde. As sementes de papoula dão uma textura diferente e saborosa. Já a adição de abobrinha deixa o bolo mais nutritivo e saudável, diminuindo um pouquinho a culpa do segundo pedaço!!!

Ingredientes:
2 xícaras de farinha
1 1/2 xícaras de açúcar
1 colher de sopa de fermento
2 ovos
1/2 xícara de leite
1/2 xícara de óleo
Raspas da casca e suco de 2 limões
1 xícara de abobrinha ralada grossa
2 colheres de sopa de semente de papoula

Cobertura: 
1 xícara de açucar de confeiteiro
2 colheres de suco de limão

Preparo:
Em uma travessa grande junte a farinha, o açúcar, o fermento, as sementes de papoula e a abobrinha ralada. Acrescente os ovos, o leite, o óleo, o suco e as raspas de limão. Misture tudo muito bem. Unte uma forma com manteiga, deite a massa e asse em formo médio, 170ºC, por 30 minutos.
Para a cobertura misture o limão no açúcar, aos poucos, deve ficar uma massa úmida mas não mole. Cubra o bolo ainda quente com o glacê. Deixe esfriar antes de cortar. Bon appétit! 

14 de abr de 2014

Suporte para minivasos reciclado

Um pedaço de madeira encontrado na rua em um dia chuvoso virou um suporte para flores. Nas minhas caminhadas sempre acho algo que é possível reciclar (sou a louca catadora do condomínio) e a madeira em questão foi uma delas. Mesmo sendo bem pesada consegui trazer para casa. No caminho surgiu a ideia de fazer um suporte para flores. Lixei para retirar a sujeira e pintei com a técnica da vela, para ficar um efeito rústico e desgastado (veja como fazer aqui). Para fazer os furos, que tinham que ser largos e fundos, usei uma broca especial para dobradiças, mas uma broca chata também funciona. Coloquei pequenos copos de vodca - eles são altos e estreitos - fazendo as vezes de mini vasos. Tinha pensado em deixar na varanda enfeitando o aparador, mas ficou tão bonito que coloquei na mesa da sala.  

A madeira mede: 50 x 15x 5 cm
Usando a lixadeira para retirar a sujeira.
Broca usada para fazer os furos largos.

10 de abr de 2014

Agradável surpresa.

Na sexta-feira, 4 de abril, a administração do condomínio recebeu uma encomenda no meu nome. No sábado, dia 5, colocou um aviso na minha caixa de correios, mas só o percebi na segunda-feira, dia 7, quando voltei do trabalho. Como chego tarde tive que controlar a curiosidade até o dia seguinte, quando enfim poderia  saber do que se tratava. Que surpresa agradável: um presente! Quando vi o nome da remetente, Rebeca, do Dandolinhas, fiquei eufórica! Na caixa uma bolsinha linda e um pegador de panela muito fofo acompanhados de uma linda e carinhosa cartinha! O pegador, com seu lindo tecido cheio de árvores e pássaros, já foi decorar a cozinha e a bolsinha, carregada de bijus, será levada na próxima, bem próxima, viagem de férias! É o primeiro presente que recebo vindo do mundo virtual. Agradeço a amiga pelo carinho. Estou tão feliz!  

7 de abr de 2014

Buda - Antes e depois

Tenho um Buda da Felicidade (ou da Alegria) que estava mais para triste, não conseguia mostrar toda sua beleza encoberta por camadas e camadas de poeira. A estátua,  feita em concreto, a encontrei numa feira de usados e estava muito suja. Tem algo de peculiar nesta imagem que gosto muito: alguns morcegos esculpidos. Na China as palavras feliz e morcego têm a mesma pronúncia, só muda o tom, por isso o morcego é símbolo de alegria. Tentei limpar e deixar o concreto aparente, mas o resultado não foi satisfatório, continuava encardido e triste. Depois de muito pensar resolvi pintar de branco. Aí sim o resultado me agradou! O rosário, que também é chamado juzu, japamala ou odyusu, pintei em dourado para quebrar um pouco o branco total e realçar este importante detalhe.  Agora ficou tão feliz e alegre que dá gosto olhar! 

Os morcegos esculpidos nas costas
O antes:

3 de abr de 2014

Caixa porta biju II

Encomenda pronta e entregue a amiga Cláudia, que gostou do meu porta biju, veja aqui, e encomendou um. Para minha caixinha reciclei uma embalagem de vinho, de duas garrafas, e era a única que tinha. Para a da amiga fui à procura de uma caixinha pronta. Teria que ser resistente para suportar o peso das bijus e ter as medidas parecidas com a original. Visitei várias lojas, mas não encontrei nada pronto, a solução foi comprar a madeira e fazer a caixinha como desejava. Resolvido o problema parti para a pintura. No interior desenhei várias árvores estilizadas sobre um fundo azul celeste, para o exterior usei as cores laranja e cereja, finalizei com verniz semi brilhante incolor. Ficou bonita e alegre, como a futura dona!