27 de out de 2014

Notícias da mudança e agulheiros

Olá a todos,
Depois de semanas ausente da net retorno com notícias da mudança e novos trabalhos, aproveito para agradecer as carinhosas mensagens e os votos de felicidade que recebi neste período. Tinha planos de atualizar o blog de vez em quando, mas não foi possível e acabei por abandoná-lo completamente.
Para quem não sabe no mês de setembro mudei de Brasília para Faro, no sul de Portugal. Chegamos na cidade no dia 08, nos instalamos no hotel e começamos a procurar moradia, tínhamos pressa pois a mudança já estava a caminho. Muitas casas foram visitadas, mas a do nosso agrado e dentro do nosso bolso só apareceu nos últimos dias do mês. No dia 08 de outubro chegou a mudança e aí começou a parte mais difícil e cansativa: organizar e arrumar a casa. Móveis, livros, roupas, utensílios de cozinha, material do atelier, tudo em caixas esperando ser acomodado. Foi neste caos que passei as últimas semanas, foram dias de muito trabalho e cansaço, mas enfim tenho a casa montada. Claro que ali e acolá ainda tem coisinhas fora do lugar ou uma gaveta para arrumar, mas com o atelier organizado já posso aproveitar e relaxar fazendo o que mais gosto: artesanato.

O trabalho de retorno são dois agulheiros feitos com a reciclagem de um tubo de papelão que sobrou da mudança, juntei tecido, feltro e passamanarias com miçanga. Os alfinetes  são agulhas customizadas, inspirados no Dandolinhas, da querida Rebeca.



Abaixo algumas fotos do processo de montagem. Depois de colocar a manta acrílica, coloquei um pouco de pedras, para fazer peso, e só depois colei o fundo, também recortei o excesso de tecido antes de colar o feltro.
  






12 comentários:

  1. Ficaram tão lindos que parecem alfinetes de princesa! Adorei minha citação, obrigada.
    Ufa, deve ser um alívio finalmente ter uma casa montada, outra vez. Não é de se espantar como precisamos de tantas coisas para viver? Dá a impressão que era prá ser tudo mais simples mas a verdade é que precisamos de mais objetos do que imaginamos (pelo menos eu: minhas mudanças me entregam completamente! O marido quase surta!)
    Fiquei feliz de saber das novidades e que vc já voltou ao artesanto.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentei aprender com uma amiga a só ter o que é útil, mas a quantidade de coisas úteis somente uma vez é imensa! Mesmo tendo feito o bazar ainda sobrou muita coisa. Apesar do trabalho de desmontar e montar a casa, gosto da vida que escolhemos e que nos dá esta possibilidade de mudança com certa frequência, assim que começo a ficar acomodada vem uma nova mudança e sacode tudo!
      Beijos

      Excluir
  2. OLá Regina, gostei de saber que vc já está instalada e mais calma. Mudanças nunca são simples, principalmente se feitas de um país para outro, e no seu caso, mudando até de continente. Espero que estejam se adaptando bem, pelo menos uma coisa tenho a certeza: é bem mais tranquila a vida aqui do que no Brasil, isto em termos de segurança. É bom sabermos que podemos tranquilamente sentar numa praça ou num banco de jardim. No Brasil, esse à vontade já não existe e é triste.
    Quanto aos alfineteiros, adorei. Sou muito sensível a esses estímulos visuais. Acho que alegram muito os nossos olhos esses pequenos detalhes. E quando vi as fotos, a primeira coisa que me veio à cabeça foi a idade média , reis e princesas. Não sei se pelas cores, passamanarias ou profusão e diversidade de pequenos acessórios adornando as agulhas. Penso que tudo junto me fez muito lembrar esta época longínqua.
    Quanto a mim estive uns dias no Norte do Brasil. Já voltei, mas me meti em tantas coisas que ainda não consegui retomar o blog. Espero que no final da semana já consiga pelo menos contar parte da minha estadia por lá. Bjs e se porventura vier a Lisboa, não se esqueça.estou por aqui e temos que nos conhecer! bjs

    ResponderExcluir
  3. Como é bom colocar as coisas em ordem depois de uma mudança, ficamos cansados, mas vale a pena!
    Eu adorei vc ter mostrado o PAP, super bacana, ele ficou lindo!
    Beijos!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  4. Regina, esse seu agulheiro é um luxo! Amei!
    Fui no blog que você indicou ver os alfinetes, mas não entendi direito, ela cola os botoezinhos de um lado da agulha, então quando a gente vira vê o lado de trás, a cabeça da agulha colada no botão? ou a agulha é introduzida dentro?
    Espero que esteja gostando de Portugal, eu sonho em visitar esse país, acho que irei no ano que vem. Se você ainda estiver morando aí, quem sabe te faço uma visita?
    Apesar de trabalhoso, acho uma delícia mudar, a gente faz um inventário do que realmente é importante, arruma tudo de um jeito diferente, enfim, dá uma arejada na vida.
    Espero te ver mais, seus posts são sempre muito apreciados.
    Bjs e ótima semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiane,
      A agulha e colada na parte de trás do botão, caso de usar continhas pingue uma gota de cola na cabeça da agulha e antes de secar introduza uma conta, espere alguns segundos e pronto.
      Estou amado o Faro, já conhecia Lisboa e Porto de muitas passagens e férias o que é bem diferente de morar. A cidade é bonita, tranquila e sossegada, nada de engarrafamentos ou gente apressada, a praia é bonita, mas a água gelada! Com certeza vai adorar Portugal e se gosta de praia e mar vai gostar do Algarve, sem falar na comida deliciosa, adoraria te conhecer!
      Beijos

      Excluir
  5. Olá Regina!
    Que bom ver que já está relaxando, e o resultado é belíssimo. Concordo com a Val. Parece alfineteiro de princesa!!! Lindos! O novo atelier deve estar maravilhoso, recebendo estes presentes.
    Espero que vocês estejam gostando da nova moradia e que sejam felizes nesta nova cidade,país..

    Uma linda semana, bjs

    ResponderExcluir
  6. Regina...descobri e voltarei mais vezes!!!
    Gostei desta sugestão!
    Tudo de bom!!!

    ResponderExcluir
  7. Ei, Regina! Menina, que reviravolta! Espero que goste daí cada vez mais! Meu pai é português e nasceu em Mesão Frio, que se não me engano é na região de Trás dos Montes. Posso estar extremamente enganada, mas é que ele fala tantos nomes que eu já me perdi. Principalmente porque não conheço pessoalmente. Ele vai praí de dois em dois anos pra matar saudades da terra natal, mas eu nunca tive a oportunidade. Pretendo um dia visitar essas terras além-mar, se Deus quiser.

    Amei os alfinetes! E os alfineteiros tbm, claro!!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Olá Regina,
    te desejo muita felicidade no novo ambiente. E que faça bastante sucesso nas terrinha.
    Um excelente retorno às atividades.
    Lembranças de Osvaldo Ururahy

    ResponderExcluir
  9. Tu és uma querida, compartilhando e ensinado a gente a fazer essas belezuras. Ficaram com um pé no oriente, né?! Lindíssimos.
    E como és rápida. Falo dos alfinetes decorados. Eu vi a postagem da Rebeca, mas não me aventurei a fazê-los. Acho que é um trabalho para fadinhas, como vocês duas :D

    Vou salvar teu link.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Faz dias que penso em vc. Me dei conta de que tinha sumido do mundo virtual, agora entendi o motivo do sumiço. Que bacana, mudanças são sempre bem-vindas, Né? Lhe desejo sorte e sucesso nessa nova fase, e que vc continue nos alimentando com sua criatividade.
    Abraços

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário