11.5.22

Cabeceira de cama com painel perfurado

Essa cama box tinha uma cabeceira (última foto) que não me agradava nem um pouco pois sempre que me recostava batia a cabeça nos arabescos de ferro. Queria muito uma nova cabeceira, mas como estava de férias teria que ser um projeto rápido, fácil e com baixo custo tanto na confecção como na montagem pois não teria ferramentas nem espaço de trabalho disponível.

Depois de muito pesquisar optei por fazer um bordado cruz em um painel perfurado e usar quadros de madeira de telas de pintura como estrutura (sim, comprei telas de pintura tipo "painel", retirei o tecido e usei a estrutura de madeira como base para a cabeceira). Para facilitar e agilizar o bordado escolhi um motivo geométrico bem simples e com poucas cores. O material utilizado é lã arraiolo, a mesma usada nos tapetes Arraiolos (além de ser muito resistente tem tratamento antitraça, dica da simpática dona do armarinho). 

A montagem foi a seguinte: comecei unindo as estruturas de madeira com parafusos para deixar tudo bem firme, depois preguei os dois paineis já bordados usando cola e preguinhos. Para finalizar e cobrir as emendas preguei uma moldura larga(na largura da base + o painel) depois foi só pregar a cabeceira na parede e pronto: já posso me recostar sem ficar com "galos" na cabeça!

 


Fotos de como montei a cabeceira usando as telas de pintura e da antiga cabeceira

4.2.22

Marmita Chinnesa

Há tempos não fazia uma recuperação e andava com saudade de pegar uma peça velha e vê-la recuperar a beleza e o brilho. Foi assim que as ferramentas e lixas saíram do armário e essa velha marmita chinesa ganhou um cantinho na sala da nova morada. Não alterei quase nada: deixei a pintura e os remendos como estavam, apenas removi a crosta de sujeira acumulada nos anos de uso, colei as peças soltas, dei uma leve lixada e fiz alguns retoques na pintura. Para finalizar passei cera e dei brilho




Fotos do antes: desmontando


Limpando com água quente e sabão. 
Lixando para retirar a sujeira mais difícil.
Tudo limpo, hora de juntar as peças do quebra cabeça.



29.8.21

Almofada de crochê bordada com ponto cruz

Continuo fazendo almofadas em crochê. Estas são as mais recentes e são bem diferentes tanto na aparência como na dificuldade e tempo de confecção. A almofada colorida, que fiz pensando na casa da filha, mede 50x60cm e é um grande square colorido fácil e rápido de fazer. Já a almofada azul, com 45x45cm, confeccionada em ponto baixo e bordada em ponto cruz, foi demorada e cansativa. Foi a primeira vez que juntei crochê e bordado. Achei a combinação perfeita e o resultado me agradou tanto que mesmo sendo mais demorado e cansativo valeu a pena o trabalho e com certeza vou repetir. 








25.7.21

Macramê

Aproveitei a onda do macramê e outro período de confinamento para convidar a amiga Léia a descobrir o mundo criativo dos fios e nós. Cada uma no seu quadrado e com a internet nos unindo começamos a descobrir, no caso da Léia, e a redescobrir no meu caso. Aprendi a arte na adolescência, quando fiz cintos, bolsas e barra em toalhas. Com a pandemia não tem sido fácil encontrar material adequado mas acho que estamos nos saindo bem e a criatividade tem sido o ponto forte. Virei a louca do macramê. Aproveito tudo que posso: vidro, banquinho ou garrafa plástica grande. Passou por aqui lá vou eu fazer nozinhos 😄😄😄.

Para a base da bola grande usei uma bola de tenis furada, para a pequena retirei a bola plástica de uma embalagem de desodorante vazia.
Para o cahepote usei meia garrafa plástica.
O banquinho ficou multi função.
Banquinho antes da tranformação.