26 de set de 2016

Caixa de chá e café

Uma caixa bonitinha que encontrei por aí e depois de pintada veio organizar o cantinho do café no balcão da cozinha. Concentrei os equipamentos usados no café da manhã e no lanche na bancada próxima à mesa e com a ajuda extra do pequeno móvel consegui juntar outros itens muito solicitados nestas horas como: os saquinhos de chá, as xícaras, o açúcar e o adoçante. Ficou tudo juntinho e ao alcance da mão.

19 de set de 2016

Mini Espelhos

Dois miniespelhos pintados em tons de azul, inspirados no céu e no mar do Algarve, feitos com carinho para a Val, do blog L´avion Rose, que veio buscar pessoalmente numa quente tarde de verão, trazendo a admiração e amizade virtual para o mundo real, com direito a abraços e beijinhos carinhosos de verdade. Além da agradável companhia, fui presenteada com uma linda almofada em patchwork cheia de quadradinhos coloridos, bem no seu estilo. Os espelhos agora fazem parte da decoração do "quartos dos netos" na casa de praia da família da amiga, veja aqui


A linda Almofada que ganhei.

12 de set de 2016

Toalha de mesa de retalhos

Este projeto era para ter sido feito e apresentado antes do verão, mas só consegui terminar com o sol e calor já instalados no Algarve, neste caso o atraso valeu a pena, pois tive a felicidade de inaugurar minha toalha no mesmo dia que conheci a linda e gentil Val, do blog L'avion Rose e criadora da peça que me inspirou, veja aqui. A toalha cobriu a mesa simples e sem graça deixando a varanda mais alegre e colorida, com a cara do verão. Usei alguns retalhos que estavam separados para um projeto de sacolas e outros que já estavam cortados para fazer uma colcha, fui juntando tudo e em pouco tempo consegui terminar a toalha que desde então quase não sai da mesa.

5 de set de 2016

Bife de peru com espinafre e queijo Feta


Fiz uma versão revista do conhecido bife rolê.  Para deixar mais saudável usei carne de peru e no recheio espinafre e o saboroso queijo feta. O o resultado foi um conjunto poderoso de sabor, saúde e sucesso à mesa.

Ingredientes:

Um peito de peru
100g de queijo feta
1 xíc. de chá de espinafre escaldado e escorrido
1 colher de pasta de pimentão
Alho amassado, cebola, sal e vinagre
Fio de algodão para amarrar

Preparo: Corte o peito de peru em um único bife, o maior possível. Tempere com o alho, a cebola, vinagre, a pasta de pimentão e uma pitada de sal (lembre-se que o queijo feta é bem salgado). Forre a bancada com um plástico, (costumo abrir um saco de congelar grande). Abra o bife de peru em cima do plástico, espalhe o espinafre uniformemente, em seguida esfarele o queijo feta. Com a ajuda do plástico comece a enrolar o bife apertando um pouco. Quando estiver completamente enrolado retire o plástico e amarre com o fio, Aqueça uma panela, de preferência antiaderente, coloque um fio de óleo e doure o bife enrolado, mantenha o fogo alto até dourar todos os lados. Quando estiver bem dourado baixe o fogo, junte 1/2 xícara de água, tampe e deixe cozinhar por 15 minutos. Vire o bife algumas vezes para que cozinhe por igual. Passado o tempo desligue o fogo, ainda com um pouco de molho, deixe esfriar antes de retirar o fio e cortar em fatias. Bon appétit!

22 de ago de 2016

Personalizando e fazendo viés

Estava fazendo duas sacolinhas de lona quando resolvi confeccionar o viés que iria usar no acabamento, comecei usando tecido de bolinhas e listras, mas a empolgação tomou conta e, usando carimbos, resolvi estampar o tecido cru com pequenas libélulas azuis, o viés branco comprado pronto também foi decorado e ganhou muitos corações e Bisous (beijos). A vantagem de fazer o viés em casa é poder usar o mesmo tecido em outros detalhes, como as flores que enfeitam as alças.

15 de ago de 2016

Cachepot de sisal e barbante

Um cachepot de crochê feito em sisal e barbante para acomodar um arranjo de orquídeas e decorar minha mesa de jantar. Um trabalho simples onde juntei três grandes paixões: o crochê, as orquídeas e a cor laranja. Usei uma vasilha de plástico transparente como base e também coloquei duas alças de cortiça, material muito comum aqui em Portugal. 

8 de ago de 2016

Móvel Confiturier

Ganhei este móvel de um amigo e estava há bastante tempo na citada e fotografada fila de peças para recuperação, veja aqui, fila que nunca acaba, pois sempre que termino um trabalho outro vem correndo entrar no lugar. Veio da França onde é chamado pelo simpático nome de confiturier e era utilizado para estocar os potes de geleia (confiture), feitas na época de abundância das frutas para serem consumidas durante o ano. Gosto do formato do móvel, da moldura da porta, do detalhe dos pés e do tamanho. A pintura da porta, cheia de arabescos e cores, é um grotesco, motivo muito usado em pintura decorativa e um dos meus preferidos, como a porta já tem bastante cor escolhi um desenho sem movimento e monocromático para as laterais.